Nova diretoria na DC, Astonishing, The Siege, Age of Heroes, Heroic Age e revista New Yorker

1

Eu decidi começar pela DC Comics, pois essa foi a notícia que mais me afetou durante a semana. Todos lembram da reestruturação da DC Comics para a DC Entertainment, não? Nela Paul Levitz, então Publisher da editora, perdeu seu cargo, que foi remanejado para que Diane Nelson (foto), que já era presidente da Warner Premiere (que nos deu Justice League: The New Frontier, Batman: Gotham Knight, Superman/Batman: Public Enemies, Wonder Woman, Green Lantern: The First Flight e o novo Justice League: Crisis on Two Earths), se tornasse a presidente da DC Entertainment.

Esta semana Diane Nelson anunciou um novo quadro de diretoria para a DC Entertainment. Dan DiDio deixa de ser vice-presidente e diretor-executivo – não fiquem felizes! – para se tornar, ao lado do consagrado Jim Lee (fundador e Publisher da Wildstorm), co-publisher da editora, enquanto o dinâmico escritor Geoff Johns, responsável pelos atuais sucessos, assume o cargo de CCO (Chief Criative Officer), algo como um diretor de criação dentro da DC. Não é nenhuma surpresa essa mudança de cargo para Dan DiDio, já que todos dentro da editora gostam de seu trabalho, enquanto Geoff Johns era questão de tempo até assumir um cargo de maior relevância (só torço que isso não atrapalhe sua produção!). Agora Jim Lee, para mim, é uma surpresa. Ele que vinha tentando se dedicar mais a desenhar, assumindo um cargo de tamanha responsabilidade, é algo bem relevante. Espero que ele faça toda a diferença lá dentro.


Agora indo para a concorrente, a famosa “Casa de Ideias”, a Marvel Comics teve vários anúncios lá fora. Dentro dos primeiros, comecemos com Astonishing (Fabulosos). A ideia da editora é atrair novos leitores para suas revistas em quadrinhos, lançando séries e minisséries nessa linha. O primeiro anúncio já saiu e será uma história com Wolverine e o Homem-Aranha. Ela abre as edições, sendo escrita por Jason Aaron e desenhada por Adam Kubert.


Já a segunda a ser lançada terá os mutantes à frente, Astonishing X-Men: Xenogenesis, com roteiros de Warren Ellis e desenhos de Kaare Andrews. Estas são as duas primeiras que abrem as portas da linha. A intenção da Marvel é tentar alcançar o sucesso obtido com a série que Joss Whedon e John Cassaday tiveram com a revista Astonishing X-Men, na qual os mutantes seguiam a continuidade das revistas mensais, mas tinham necessariamente ligação com elas. Outro fator interessante será a falta de periodicidade, como foi com a linha All-Star da DC Comics, para assim os escritores e desenhistas – principalmente Adam Kubert – terem o tempo que acharem necessário para preparar o material. Torcemos pelo sucesso!

Ainda na Marvel, ela soltou as equipes criativas dos especiais que estarão relacionados ao final da atual saga Siege. Começando com Siege: Captain America, por Christos Gage e Federico Dallocchio, ainda temos Siege: Young Avengers, por Sean McKeever e Mahmd A. Asrar, Siege: Loki, por Kieron Gillen e Jamie McKelvie, Siege: Secret Warriors, por Jonathan Hickman e Alessandro Vitti e Siege: Spider-Man, por Brian Reed e Marco Santucci. Siege é uma saga que acontece após Reinado Sombrio (Dark Reign), que atualmente está sendo publicada aqui no Brasil.

E no lance de continuidades, após Siege a Marvel já anunciou Heroic Age, que trará uma nova era de heroísmo para as linhas da editora. Pensando neste título, em maio será lançada a minissérie em quatro edições Age of Heroes, abrindo Heroic Age. Um dos escritores da minissérie será ninguém menos que Kurt Busiek, que há anos atrás escreveu para a Marvel um de seus maiores sucessos, Marvels, desenhada por Alex Ross. Os outros que estarão ao seu lado serão Paul Cornell, Rick Remender e Dan Slott. Os desenhos da primeira história, a de Busiek, serão do desenhista alemão Marko Djurdjevi, enquanto a – possivelmente – capa desta edição é do brasileiro Greg Tocchini.

Continuando em Heroic Age, a personagem Luke Cage ganhará enorme destaque. Ele terá um novo título que se chamará New Avenger: Luke Cage (com roteiros de John Arcudi e desenhos de Eric Canete), aparecerá em Heroic Age, fará parte da nova formação dos Vingadores e também liderará os Thunderbolts… Isso aí, pessoal, a equipe de supervilões (numa cópia interessante do Esquadrão Suicida, da DC Comics), que estava sendo liderada por Norman Osborn, perde seu chefe em Siege e ganha o “Herói de Aluguel” como comandante. Ele assumirá na número 144 da revista, e terá entre os membros o Fanático, Ossos Cruzados, Fantasma, Rocha Lunar e o Homem-Coisa (copião do Monstro do Pântano, da DC). A revista terá roteiros de Jeff Parker e desenhos de Kev Walker. New Avenger: Luke Cage será lançada em abril e Cage assume a liderança dos Thunderbolts em maio.

Para fechar as notícias, a revista New Yorker, especializada em literatura e jornalismo literário, lançou capas comemorativas de seus 85 anos com desenhistas de quadrinhos. São quatro capas de artistas consagrados: Chris Ware, Adrian Tomine, Dan Clowes e Ivan Brunetti. Vale perceber que todos deram grande destaque as personagens da revista, a borboleta rosa e a personagem Eustace Lilly. A diretora de arte da revista – e também esposa do genial Art SpiegelmanFrançoise Mouly, informou que os leitores da revista devem procurar por uma mensagem secreta ao dispor, na união das quatro capas, que saíram como capas pôster, a de Chris Ware saiu junto com a de Dan Clowes e a de Adrian Tomine foi publicada junto com a de Ivan Brunetti. Veja abaixo:

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!





Receba novidades sobre "Nova diretoria na DC, Astonishing, The Siege, Age of Heroes, Heroic Age e revista New Yorker" e outros posts do Entretendo. Cadastre-se:

Comente no Facebook!

01 Comentário

Faça o seu Comentário

© Copyright Entretendo.com 2007/2010. All rights reserved.
Theme Junkie Modificado e Otimizado. Políticas de Privacidade.