X-Men saindo do armário, imagem misteriosa do Wolverine, Batman com conteúdo erótico e… Suástica nazista em capa de HQ

1

O texto abaixo contém SPOILERS, portanto leia por sua conta e risco
Eu sei que não existe justificativa para tamanho atraso nas notícias quadrinhísticas, mas ainda bem que com a compreensão dos leitores, pude dar essa atrasadinha.

Mas isso não importa, quando as notícias fervem nos Estados Unidos após a Heroes Con. Primeiro vamos a editora que ainda continua vendendo mais que as todas as outras e que gosta de uma polêmica, a Marvel Comics. E o lance é sério, em uma imagem mais do que explícita, Rictor e Shatterstar, ex-membros da X-Force, liderada por Cable, revelam ser homossexuais. Nada contra isso, pois acho que os quadrinhos têm de ser ecléticos, sem distinções sexuais, religiosas e de cor, mas para mim chega a ser uma surpresas, pois sempre achava a “amizade” deles, algo forte, como irmãos, não como namorados. A revelação aconteceu na semana passada, na revista X-Factor #45, escrita por Peter David (The Incredible Hulk), que disse em entrevista que somente iria brincar com a possível homossexualidade do Rictor. Parece que não foi somente brincadeira.

Ainda na Marvel, surge uma capa pra lá de sinistra. Desenhada pelo italiano Gabrielle Dell’Otto (Annihilation), que se tornou um grande capista da editora, a capa surge com um Wolverine mais parecendo uma cena final de Exterminador do Futuro, com o título THE END. Quem acompanha a série The End, aonde a Marvel publica o possível fim de suas personagens e grupos, sabe que Logan teve sua parte lá. As suspeitas ficam por conta da saga que anda acontecendo, Dark Reign, aonde Wolverine teve um substituto no “Dark” Avengers, seu filho, mas tudo não passa de especulação, por enquanto. Mas como trouxeram o Capitão América de volta, talvez seja a vez do carrancudo canadense bater as botas, para voltar depois.

Fechando a Marvel, a notícia é que J. M. Straczynski (The Amazing Spider-Man) está deixando à editora, depois de anos de colaboração. Ele estava escrevendo as revistas do deus do trovão, Thor. A notícia é que, depois de terminar seu contrato de exclusividade, ao final da saga “One More Day”, que aconteceu nas revistas do aracnídeo, ele preferiu respirar novos ares e assinou contrato com a concorrente, a DC Comics e estará assumindo as revistas do Superman, dentro em breve. Todos têm conhecimento que sua maior criação dos quadrinhos, Poder Supremo, é uma grandiosa homenagem ao homem-de-aço, e se o projeto acontecer, será verdadeiramente grandiosos para ambos.

Já que fomos para a DC Comics, a editora se meteu num problema sério com a revista Batman Confidential #18, onde a Mulher-Gato e a segunda Batgirl aparecem somente trajando suas respectivas máscaras e capa. Isso aí, as duas estão nuas! A história é que ambas invadem a Sociedade Hedonista de Gotham, onde a regra é simples: “o máximo que se pode usar é uma máscara!”. Só que uma distinta família estadunidense não gostou nada do conteúdo da história, desenhada pelo fantástico Kevin Maguire (Justice League). Na verdade, eles nem chegaram a ler, somente acharam os desenhos abusivos (apesar de não mostrar nada explícito, de verdade!). O casal não tentou processar ninguém, mas divulgaram seus protestos no jornal. Já a DC, que foi procurada pelo mesmo jornal, revelou que seus quadrinhos são feitos para pessoas maiores de 16 anos, ao contrário de sua linha infantil, com o selo “Johnny DC”. Sinceramente, a sociedade em geral anda fazendo muita tempestade num copo d’água, como aconteceu a pouco tempo aqui no Brasil com a revista de Will Eisner, quando a televisão se mostra pior do que a encomenda.

Continuando na linda dos protestos, Garth Ennis, criador do maravilhoso The Preacher, da linha Vertigo, e que fez Frank Castle ressurgir das sombras, teve sua cota com a capa da edição 34 da revista The Boys, que ele publica pela Dynamite Enterteinment. Na capa, o personagem Stormfront aparece numa posição que lembra a capa de All Stars Superman, com uma enorme suástica nazista nas costas. O lance é que a revista não poderá ser comercializada na Alemanha e possivelmente deve ser barrada em outros países. A idéia de Ennis com essa série é mostrar a verdadeira realidade dos super-heróis. Olha, não sou simpatizante e nem nada parecido, mas proibir uma revista em quadrinhos por causa de uma suástica nazista chega ser o cúmulo do absurdo. Assim priva o artista (neste caso Darick Robertson, que desenhou a capa em si) de expressar o que lhe foi pedido. Não vejo essa capa como uma propaganda, mas sim como uma imagem expressada do inverso a tudo. Se fosse assim, deveriam proibir o Capitão Nazista, inimigo do Capitão Marvel, da DC Comics, de aparecer nas histórias, onde surge com a enorme suática impressa no tórax. Acho que toda forma de expressão é bem vinda, desde que tenha um motivo e significado.

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!





Receba novidades sobre "X-Men saindo do armário, imagem misteriosa do Wolverine, Batman com conteúdo erótico e… Suástica nazista em capa de HQ" e outros posts do Entretendo. Cadastre-se:

Comente no Facebook!

01 Comentário

  1. marcos disse:

    o lance "meigo" e "magavilha" entre o Shattestar e o Rictor já rolava a muito tempo nas historias da X-force! o que o Peter David fez foi esclarecer de uma vez a relação gay dos dois! gostei do Wolverine com o rosto maetálico! o desenho ficou muito bacana! não tem nada demais a Mulher-Gato e a Batgirl estarem quase nuas! não mostra nada pornografico na revista! isso é muita frescura e pudor exagerado desse casal americano que se escandalizou por uma besteira dessas!

Faça o seu Comentário

© Copyright Entretendo.com 2007/2009. All rights reserved.
Theme Junkie Modificado e Otimizado. Políticas de Privacidade.