Era Heróica, morte entre os X-Men, Conan por Roy Thomas e Superman sem poderes

1

Contém SPOILERS então leia por sua conta e risco.

“A Era Heróica está aqui!”, esta frase inundará as revistas da Marvel no mês de maio nos EUA, e a investida maior da editora com esta era será concentrada, principalmente, nos Vingadores. Como eu já mostrei aqui, pelo menos quatro revistas terão este título: Avengers, Secret Avengers (em maio), Avengers Academy e – recomeçando – New Avengers (em junho), sem contar outras tantas que seguirão no rastro: (a já estreada) Avengers: The Origin, New Avengers: Luke Cage, Avengers Assemble!, New Avengers Finale, Dark Avengers e Avengers: The Initiative (estas três últimas chegam aos seus finais, junto com a saga Siege), Avengers Spotlight e – somente em junho – Avengers: Prime. Várias revistas do universo Marvel terão capas alternativas com o título “Heroic Age”, dentre elas temos Vengeance of the Moon Knight # 8, Amazing Spider-Man # 631, Captain America #606, Atlas #01, Iron Man Legacy #02, – as já mencionadas – Avengers #01 e Avengers: The Origin #02, Uncanny X-Men #524 e várias outras.

Agora só para mencionar um fato interessante, a Mitologia grega era dividida em eras: ouro, prata, bronze e ferro, e entre as duas últimas eras, existia a Era Heróica, aonde surgiam heróis mitológicos como Herácles, Perseu, Aquiles e Ulisses. Se a intenção da Marvel é lançar uma nova era (já que nos encontramos na Era de Ferro (ou Moderna) desde o meio da década de 1980), eu desejo boa sorte a eles.


Agora, já que mencionei a Uncanny X-Men #524, título ligado aos mutantes mais queridos do mundo, sua capa alternativa é mais do que reveladora. Como havíamos dito antes, um dos mutantes seria morto durante a atual saga que desenrola nas revistas X e seria um daqueles que aparece no desenho, que estão em volta de um corpo. A vítima é ninguém menos que o mutante alemão, Kurt Wagner, o Noturno. A cena é bem perturbadora, pois Ciclope o segura e dispara uma rajada de seus olhos para cima. Em algumas imagens das páginas internas da revista, temos Kurt com um braço varado em seu peito. Isso acontece quando ele, o único capaz de salvar Hope do vilão Bastion, se teletransporta sem perceber o braço atravessando-o. Bem, com certeza é um grande perda dentro dos X-Men, já que Kurt veio a fazer parte do grupo na segunda geração, quando somente Scott permaneceu e o Professor Xavier reuniu em sua mansão Wolverine, Tempestade, Pássaro Trovejante, Banshee, Solaris, Colossus e o alemão, que apesar de sua aparência demoníaca, era o mais carismático. Mas como no mundo dos quadrinhos, nenhuma morte dura para sempre, em breve poderemos ver Kurt retornando, de alguma forma.

Mudando para um personagem que já teve suas histórias publicadas pela Marvel e agora ganhou nova vida na Dark Horse, Conan, terá o consagrado escritor e editor Roy Thomas retornando às suas páginas. Só que o retorno deverá ser somente em dezembro na série Conan: Road of Kings. Foi Thomas, junto com o desenhista Barry Windsor-Smith que levaram o personagem cimério, criado por Robert E. Howard, para os quadrinhos. Conan, como Kull e Red Sonja faziam parte de pulps (revistas com páginas de baixa qualidade) na década de 1930 e só ganhou os quadrinhos na década de 1970, na Marvel Comics, como dito acima. Teve um novo revigorar em 2003, quando Kurt Busiek e Cary Nord lhe deram novas histórias na editora Dark Horse. O retorno de Roy Thomas somente será um salto na vida deste cimeriano da era Hiboriana.

Para fechar, selaremos com o primeiro super-heróis dos quadrinhos, que está prestes a perder seus poderes e se tornar um andarilho pelo mundo. Não, você não está vendo nenhum roteiro de Superman II, mas sim a nova fase que se iniciará na vida do kryptoniano.

Agora em maio se inicia a minissérie War of Supermen, aonde o Homem-de-Aço terá de enfrentar um verdadeiro exército de iguais a ele, liderados pelo General Zod. Do outro lado existe a força terrestre, liderada pelo general Lane. Kal-El, durante esta série terá – somente – como aliados Superboy e Aço, mas após enfrentar sua prima, poderá confrontar finalmente Zod, Ursa e Non. Depois deste confronto, a revista chega à edição 700, com um especial de aniversário pela edição, mas em julho, J. M. Straczynski assume os roteiros e nesta nova fase ele pretende manter o “azulão” literalmente “no chão”. Grounded se inicia na edição 701 e terá desenhos do brasileiro Eddy Barrows, com capas de John Cassaday. Na sinopse no site da DC, podemos ler o seguinte: “… como pode Superman continuar sua batalha pela Verdade, a Justiça e o Modo de Vida Americano? (…) entre de primeira neste clássico moderno de Superman”. O que eles querem dizer com isso? Bem, aqui no Brasil ainda estamos vendo os acontecimentos de Nova Krypton, então teremos de esperar um pouco mais para sabermos o que ocorrerá de verdade.

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!





Receba novidades sobre "Era Heróica, morte entre os X-Men, Conan por Roy Thomas e Superman sem poderes" e outros posts do Entretendo. Cadastre-se:

Comente no Facebook!

01 Comentário

Faça o seu Comentário

© Copyright Entretendo.com 2007/2010. All rights reserved.
Theme Junkie Modificado e Otimizado. Políticas de Privacidade.