Shadowland, Marvel no C2E2, Paul Cornell, Batwoman e “A Bela e a Fera”, por Alan Moore

1

Contém SPOILERS, então leia por sua conta e risco.

A Marvel Comics já anuncia seu mais novo evento que terá a frente o Demolidor. Shadowland abrangerá algumas edições da Marvel. Na Daredevil #500, Matt Murdock assume a liderança do Tentáculo, organização criminosa que já teve Elektra e Psilocke como membros. Com os vastos recursos da organização ele inicia a construção de Shadowland, uma prisão secreta que terá como objetivo um grande plano contra os vilões da editora. Com isso ele entrará em conflitos com heróis como Luke Cage e Punho de Ferro. A Marvel não anunciou oficialmente, então teremos mais informações dentro em breve.

Já nas informações oficiais da editora, que estão acontecendo durante o C2E2, em Chicago, a Marvel fez várias revelações referentes ao evento Heroic Age, que se iniciará em junho deste ano. Dentre as revelações, ela mostrou os membros dos Secret Avengers que, em sua maioria, são ex-membros dos Vingadores, principalmente seu líder, Steve Rogers. Entre os membros temos Valquíria, Fera, Máquina de Combate, Cavaleiro da Lua e Nova. De acordo com o site Bleeding Cool, ainda haverão novos integrantes, em breve.

Falando de Steve Rogers, o ex-Capitão América voltou à vida durante o evento Captain America: Reborn, mas não para ser o bandeiroso, já que seu ex-side kick, Bucky Barnes, assumiu o escudo e o traje de “Sentinela da Liberdade”. Durante o C2E2, Ed Brubaker, responsável pela revista Captain America, revelou que assumirá a minissérie Steve Rogers: Super Soldier, revista que trará o loirão como super-herói e colocando neste novo universo Marvel, pós-Era Heróica. Os desenhos e concepções de uniforme ficam por conta de Dale Eaglesham.

As revelações não param somente aí. Como visto antes, Luke Cage assume a liderança dos Thunderbolts, agora sabemos quem serão os membros deste grupo nada ortodoxo, já liderados pelo Barão Zemo (na forma de Cidadão V), Gavião Arqueiro, Tony Stark (durante o período pós-Guerra Civil) e Norman Osborn (durante Reino Sombrio, que pode ser acompanhado atualmente na Panini Comics): Fanático, Rocha Lunar, Mach V, Soprano, Cruza-Ossos, Montador e Fantasma. Os roteiros serão de Jeff Parker e os desenhos ficarão por conta do novato Kev Walker.


Ainda no C2E2, Joe Quesada veio a público para falar sobre One Moment in Time, a novidade no universo do Homem-Aranha, no qual ele estará nos argumentos, com desenhos de Paolo Rivera. Desde o final de One More Day, todos os fãs do cabeça-de-teia têm questionado quanto ao que rolou para não acontecer o casamento entre Peter Parker e Mary Jane Watson. Como Quesada é um dos grandes responsáveis pela bagunça, ele quer botar ordem na casa, e durante esta mini, explicará o que verdadeiramente ocorreu para o impedimento do casamento de ambos.


Indo para a DC Comics, a editora se despede de Marc Guggenheim, que fazia os argumentos da revista Action Comics, para saudar o Paul Cornell, recém- contratado. De acordo com o editor das revistas do homem-de-aço, Matt Idelson, Guggenheim caiu fora porque havia proposto uma história que começou a virar algo bem diferente, mas que ele não sabia se seria a pessoa certa para escrever, daí então convidaram Cornell para o trabalho. Seus argumentos terão trabalhos do desenhista Pete Woods. Já na capa da edição 890, de David Finch, há um Lex Luthor portador do anel laranja. As histórias estarão acompanhando de perto as de J.M. Straczynski, recém-contratato também da concorrência, para assumir o título principal, Superman.

Já no universo do morcego, mais uma personagem ganha uma revista solo. Saindo das páginas da Detective Comics, que vinha ocupando, Batwoman ganha sua primeira revista solo. Ainda não existe uma previsão de estréia, mas o responsável pelos argumentos e desenhos será o talentoso J.H. Williams III, que já vinha trabalhando ao lado de Greg Rucka, que deixou a personagem para se dedicar a carreira de escritor.

Para fechar, o grandioso Alan Moore terá um roteiro que criou, ao lado do empresário responsável pela criação da banda Sex Pistols, Malcolm McLaren, transformado em graphic novel. O nome era Fashion Beast e era uma versão contemporânea do clássico A Bela e a Fera, escrito por Madame Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve, em 1740 para a publicação La jeune américaine, et les contes Marins. O filme infelizmente não foi realizado, então em vez de desperdiçar um roteiro de Alan Moore e do falecido Malcolm McLaren, nada melhor do que transforma-lo em algo que o escritor britânico gosta tanto, quadrinhos. A editora Avatar Press será responsável pela publicação que terá 250 páginas e terá sua estréia no ano que vem. O responsável por adaptar este roteiro é o experiente – quando o assunto é Moore – Antony Johnston, enquanto os desenhos ficarão a cargo de Facundo Percio.

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!





Receba novidades sobre "Shadowland, Marvel no C2E2, Paul Cornell, Batwoman e “A Bela e a Fera”, por Alan Moore" e outros posts do Entretendo. Cadastre-se:

Comente no Facebook!

01 Comentário

Faça o seu Comentário

© Copyright Entretendo.com 2007/2010. All rights reserved.
Theme Junkie Modificado e Otimizado. Políticas de Privacidade.