Snoopy, Charlie Brown e cia são vendidos em negócio milionário

1

Charlie Brown, Snoopy, Lucy, Woodstock, Linus, Marcie, Schroeder e tantos outros são personagens criados pelo cartunista estadunidense Charles Schulz a partir dos anos de 1950… Na verdade, Charlie Brown surgiu em 1947 na tira chamada Lil’ Folks, mas depois de Schulz ser despedido do jornal St. Paul Pioneer Press, na sua cidade natal, pois pedira que sua tira fosse diária, a personagem só ganharia vida nova em sua tira cujo nome – no qual o autor odiava – era Peanuts (ou Minduim, como ficou conhecido no Brasil).

A tira saiu em mais 2.600 jornais, em 75 países e foi traduzido em 21 idiomas. Foram 17.897 tiras, em média, publicadas, sem contar que em 1973 ganhou um desenho animado e posteriormente teve quatro longas-metragens, como “O Natal de Charlie Brown” e “É a Grande Abóbora, Charlie Brown”, que tiveram indicações e ganharam o Emmy.

Todas essas informações servem para mostrar o ganho que a empresa Iconix Brand Group Inc. está tendo com a compra em US$ 175 milhões dos direitos sobre Charlie Brown e sua turma. Antes pertencente a United Feature Syndicate e a E. W. Scripps, os direitos passaram de forma amigável para a esposa de Charles Schulz, Jean Schulz, que se tornou mantenedora deste enorme legado. Tanto ela, quanto seu filho, Craig Schulz, acham que este acordo com a Iconix será um negócio proveitoso, pois vêem que a empresa terá o respeito necessário e perpetuarão o que Schulz construiu com seus produtos.

A Iconix Brand Group é conhecida pela sua alta qualidade de seus produtos e de licenciamentos milionários. Em março deste ano, ela fez um negócio milionário com a cantora Madonna, que lhes deu liberdade de uso de seu nome em marcas de vestuário, calçados e outros produtos. E com consciência de que os artigos envolvendo a turma do Charlie Brown geram em torno de US$ 2 bilhões, por ano, ainda repassará 20% dos lucros para a família de Schulz. Com toda a certeza isso é motivo de fazer Snoopy dançar de felicidade sobre o piano de Schroeder e fazer o genial Charles Schulz sorrir de felicidade, na eternidade.

Segundo Jean Schultz, esse acordo com a Iconix permitirá que os Schultz trabalhem com uma empresa mais próxima e que respeita os personagens e a forma como a família conduz seus negócios. Para Craig Shultz, filho do criador, o acordo traz o melhor dos dois mundos ao unir a visão de sua família com um grupo que tem os recursos para bancar “a perpetuação do que meu pai criou com a mesma boa vontade que seus personagens conotam”.

Gostou? Então Clique no Botão +1 e Curta no Facebook!




Tags:,

Receba novidades sobre "Snoopy, Charlie Brown e cia são vendidos em negócio milionário" e outros posts do Entretendo. Cadastre-se:

Comente no Facebook!

01 Comentário

Faça o seu Comentário

© Copyright Entretendo.com 2007/2010. All rights reserved.
Theme Junkie Modificado e Otimizado. Políticas de Privacidade.